GESTÃO PARTICIPATIVA E DE RESULTADOS

Início > Notícias

Comunicados

11/09/2015 16:35:24
IBGE DIVULGA PESQUISA NACIONAL DE SAÚDE 2013, INCLUSIVE SAÚDE BUCAL

De acordo com a pesquisa, dentro da Saúde Bucal, a proporção de pessoas que consultaram dentista nos últimos 12 meses anteriores à data da entrevista foi de 44,4% (89,1 milhões). As Regiões Norte e Nordeste apresentaram as menores proporções deste indicador (34,4% e 37,5%, respectivamente), enquanto as maiores foram verificadas nas Regiões Sul e Sudeste (51,9% e 48,3%, respectivamente).

A saúde bucal da população tem reflexo na saúde integral e na qualidade de vida de toda a sociedade. A melhoria da situação da saúde bucal se dá por meio da prevenção, especialmente de bons hábitos de escovação e visitas regulares ao consultório odontológico. A investigação do tema é um importante instrumento para proporcionar informações úteis ao planejamento de programas de prevenção e tratamento.
Para se conhecer a situação da saúde bucal (dentes e gengivas) da população brasileira, foram entrevistadas pessoas de 18 anos ou mais de idade.

No Brasil, 89,1% das pessoas de 18 anos ou mais de idade escovam os dentes pelo menos duas vezes por dia. Esse percentual foi menor na área rural (79,0%) que na área urbana (90,7%). As mulheres foram mais representativas (91,5%) que os homens (86,5%) na manutenção desse hábito. Observaram-se decréscimos dos percentuais com o aumento da idade.

Em relação aos indivíduos que usavam escova de dente, pasta de dente e fio dental para a limpeza dos dentes, o percentual entre os homens foi de 48,4% e, entre as mulheres, 57,1%. A proporção diminuiu com o aumento da idade. O percentual foi mais expressivo quanto maior o nível de instrução: 29,2% das pessoas sem instrução ou com fundamental incompleto tinham esses hábitos, enquanto, entre as pessoas com nível superior completo, esse percentual foi de 83,2%.

O atendimento odontológico no Brasil, em 2013, ocorreu preponderantemente em consultório particular ou clínica privada, totalizando 74,3% dos atendimentos. As unidades básicas de saúde foram responsáveis por 19,6% dos atendimentos.

Os resultados da pesquisa nacional de saúde 2013/IBGE estão disponíveis para a consulta à categoria, clicando na imagem ao lado.
Visitas: